Parceiros Treinamentos

 
Cooperative Sarob é o Parceiro Implementador da BCI no Tajiquistão. Conversamos com Tahmina Sayfullaeva para discutir o progresso da organização até o momento.

Conte-nos sobre sua organização.

Sarob é uma organização de agrônomos que fornece consultoria agrícola para produtores de algodão no Tajiquistão. Nosso objetivo é o desenvolvimento abrangente da agricultura por meio da capacitação, melhorando o acesso ao mercado e garantindo que os produtores de algodão tenham os insumos agrícolas necessários. Como parte do nosso trabalho, oferecemos treinamento teórico e prático e ajudamos os agricultores a implementar novas tecnologias e maquinários por meio de demonstrações no campo.

Conte-nos sobre a parceria da Cooperative Sarob com a Better Cotton Initiative e o progresso feito até o momento.

Em 2013, a Sarob decidiu ingressar na BCI para criar melhores condições para a produção de algodão, aumentar a produtividade do algodão e fornecer aos produtores de algodão acesso a um novo mercado internacional para Better Cotton. Tivemos o apoio da Sociedade Alemã para Cooperação Internacional (GIZ) e da Estrutura e Finanças para o Desenvolvimento do Setor Privado (FFPSD) para implementar programas BCI no Tajiquistão. Em 2017, trabalhamos com 1,263 Agricultores BCI licenciados, cobrindo uma área de 17,552 hectares. Os Agricultores da BCI são agrupados em quatro Unidades de Produtores nas regiões de Khatlon e Sughd e os pequenos agricultores são organizados em 103 Grupos de Aprendizagem menores e treinados por 100 Facilitadores de Campo. Na temporada 2016-17, os agricultores da BCI no Tajiquistão usaram em média 3% menos água, 63% menos pesticidas e tiveram rendimentos 13% maiores e um aumento de 48% nos lucros em comparação com os agricultores da comparação.

Você tem um desafio específico de sustentabilidade que está abordando como uma prioridade?

Temos um forte enfoque na gestão da água e eficiência como parte do nosso trabalho de gestão agrícola no Tajiquistão. Nossa metodologia é baseada na implementação de medidores de água de fácil construção e baixo custo para o agricultor. Desde 2016, trabalhamos com o Projeto de Produtividade da Água (WAPRO), uma iniciativa de múltiplas partes interessadas para abordar questões de eficiência hídrica na produção de arroz e algodão na Ásia - a iniciativa é implementada pela Helvetas no Tajiquistão.

Compartilhe esta página