Woolworths e fornecedores trabalham para atingir a meta de Better Cotton

Em 2005, a Woolworths lançou uma estratégia de negócios responsável conhecida como “The Good Business Journey”, que se concentra em parte nas fibras sustentáveis. Ao implementar a estratégia, a Woolworths identificou o algodão como a maior parte de sua pegada de fibra no vestuário. Além do algodão orgânico, a Woolworths precisava de mais elementos de algodão sustentável para atingir seus objetivos.

“A BCI atendeu melhor aos nossos requisitos porque aborda todos os aspectos do cultivo de algodão de uma maneira melhor”, disse Hugo Lemon, Tecnólogo de Produto, Woolworths (Pty) Ltd.

A Woolworths ingressou na BCI em julho de 2014 com a meta de converter 15% de sua fibra de algodão em Better Cotton até 2017. Cumprir sua meta significava colaborar com os fornecedores, especialmente na África do Sul, para aumentar sua capacidade de fornecer Better Cotton - um processo que demorou um pouco mais de um ano. ”Uma abordagem conjunta de colaboração e transformação tornou esse trabalho mais fácil e resultou em um firme compromisso como empresa de se esforçar continuamente para fazer as coisas da melhor maneira”, disse Lemon.

A Woolworths selecionou sua base de fornecimento por sua capacidade de atender a um amplo espectro de categorias de produtos, com a intenção específica de converter grandes linhas de produção em conteúdo Better Cotton. Junto com esses esforços impressionantes até o momento, a Woolworths continua a trabalhar com seus fornecedores globalmente para desenvolver uma rede de fornecimento mais ampla de Better Cotton.

Prilla 2000, um dos fornecedores da Woolworths, tem sido um parceiro valioso para tornar a aquisição de Better Cotton uma realidade. Maior fiação independente da África do Sul, Prilla ingressou na BCI em fevereiro de 2015 em resposta à demanda de varejistas, como a Woolworths, por algodão sustentável.

Prilla trabalha em estreita colaboração com seus comerciantes para garantir fardos de Better Cotton. Como compradora de longa data do algodão CmiA (algodão feito na África), Prilla aproveitou o acordo de benchmarking entre a AbTF (Fundação de Ajuda ao Comércio) e a BCI. Agora eles começaram a usar seu algodão CmiA como CmiA-BCI para atender aos pedidos de Better Cotton de seus clientes.

As metas do Better Cotton de Prilla se concentram no atendimento à demanda dos clientes na África do Sul. Eles tiveram sucesso na região até agora e esperam expandir seu programa para produtores e varejistas em outras partes do mundo.

Mais informações